20.7.11

Haicais de Isnelda Weise - INVERNO 2011


sob o frio noturno
acalenta o andarilho
a luz do luar.




sem abrigo algum
contra o vento impiedoso
ela e a solidão.



só e embriagado
 sonho com calor da noite
em degraus gelados.


 


trêmulas e frias
mãos de mendigo afagam
um gato de rua.





árvore colore
o telhado esbranquiçado
com folhas marrons.




no muro em ruínas
resistente a flor propaga
outono tardio.




na manhã de inverno
 mãos desnudas cobiçam
o calor do sol.




chaminé da casa
com fumaça esbranquiçada
veste o ar sombrio.




o fogão à lenha
aquece  cozinha e embala
sono de meu pai.

 




2 comentários:

  1. belos haicais!

    parabéns, Isnelda!

    Abç!

    Tchello d'Barros
    Hj em Belém PA

    ResponderExcluir
  2. adorei!!
    bjo Marcia

    ResponderExcluir